sexta-feira, 22 de abril de 2011

REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA EDUCAÇÃO INFANTIL

A função do referencial é contribuir com politicas e programas de educação infantil, socializando informações discussões e pesquisas, subsidiando o trabalho educativo de técnícos, professores e demais profissionais da educação infantil. Considerando-se suas especificidades afetivas, emocionais, sociais e cognitivas das crianças de zero a cinco anos.

A CRIANÇA

 A criança como todo o ser humano, é um sujeito social e histórico e faz parte de uma organização familiar que esta inserida em uma sociedade, com determinada cultura. A criança possui natureza singular, que as caracteriza como seres que sentem e pensam o mundo de um jeito próprio.
Compreender, conhecer e reconhecer o jeito particular das crianças serem e estarem no mundo é o grande desafio da educação infantil e de seus profissionais.

EDUCAR

As novas funções de educação infantil devem estar associadas a padrões de qualidade . Essa qualidade advém de concepções de desenvolvimento que consideram as crianças nos seus contextos sociais, ambientais, culturais e, mais concretamente nas interações e práticas sociais que lhe fornecem elementos relacionados as mais diversas linguagens e ao contato com os mais variados conhecimentos para a construção da identidade autonoma.
A instituição de educação infantil deve tornar acessível a todas as crianças que a frequentam indiscriminadamente, elementos da cultura que enriquecem o seu desenvolvimento social.Cumpre um papel socializador, propiciando o desenvolvimento por meio de aprendizagens diversificadas, realizadas em situações de interação. Na instituição de educação infantil, pode-se oferecer as crianças aprendizagens que ocorrem nas brincareiras e aquelas advindas de situações pedagógicas intencionais ou aprendizagem orientada por adultos. educar portanto, significa propiciar situações de cuidados brincadeiras e aprendizagens orientada de forma integrada  e que possam contribuir para o desenvolvimento das capacidades infantis.

CUIDAR

Cuidar de uma criança em um contexto educativo demanda integração de vários campos de conhecimentos, a base do cuidado humano é compreender como ajudar o outro a desenvolver-se como enquanto ser humano.Cuidar significa valorizar e ajudar a desenvolver  capacidades. O desenvolvimento integral da criança depende tanto de cuidados relacionais, que envolvem a dimensão afetiva e dos cuidados com aspectos biológicos do corpo, como a qualidad eda alimentação e dos cuidados com a saúde, quanto a forma como esses cuidados são oferecidos e das oportunidades de acesso a conhecimentos variados.Cuidar da criança é sobretudo dar atenção a ela como pessoa que esta em contínuo crescimento e desenvolvimento compreendendo sua singuralidade, identificando e respondendo suas necessidades.

BRINCAR

A brincadeira é uma linguagem infantil, ela é uma ação que ocorre no plano da imaginação,  isto implica que aquele que brinca tenha o domínio da linguagem simbólica. O principal indicador da brincadeira, entre as crianças é o papel que assumem enquanto brincam.A brincadeira favorece a auto estima das crianças auxiliando-as a superar progressivamente aquisições de forma criativa. O brincar apresenta-se por meio de várias categorias de experiências que são diferenciadas pelo uso de material ou recursos predominantemente implicados.Para que as crianças possam exercer sua capacidade de criar é impreescindível que haja  riqueza e diversidade nas experiências que lhes são oferecidas nas instituições, sejam elas mais voltadas as brincadeiras ou as aprendizagens que ocorrem por meio de uma intervenção direta.

ORGANIZAÇÃO EM ÂMBITOS E EIXOS

O Referencial Curricular Nacional para a educação infantil define dois âmbitos de experiências: FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL E CONHECIMENTO DE MUNDO.

FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL: referem-se as experiências que favorecem prioritariamente a construção do sujeito. Este âmbito abarca o eixo de trabalho denominado IDENTIDADE E AUTONOMIA.

CONHECIMENTO DE MUNDO: refere-se a construção de diferentes linguagens pelas crianças e as relações que estabelecem com os objetos de conhecimento. Destaca-se neste eixo de trabalho: Movimento, Artes Visuais, Música, Linguagem oraL e escrita,Natureza e sociedade, Matemática.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário